Barra de Pesquisa
ENG POR

+55 43 3341-8713 | +55 43 3341-8737 | [email protected] | Rua Ernâni Lacerda de Athayde - Ed. Comercial Genéve - Gleba Fazenda Palhano - Londrina-PR

Blog

Após ano de sucesso, Rizobacter lança em 2018 novos produtos com parcerias internacionais

09.01.2018 / Institucional / 0 Comentários

A Rizobacter começa 2018 com uma grande bagagem adquirida no ano anterior, graças aos fortes investimentos feitos em 2017. É o que destaca o gerente geral da Rizobacter Brasil, José Cricco. “Foi um ano de muita aprendizagem no mercado brasileiro e fundamentalmente para mim. Considero um ano muito bom”, comemora.

Empresa tecnológica, Rizobacter trabalha para trazer soluções ao mercado agrícola brasileiro

Cricco recorda a entrada maciça dos adjuvantes Silwet L77*Ag e Rizospray Extremo, que aumentaram a qualidade das aplicações agrícolas, o lançamento do SprayGuru, um aplicativo que faz a medição e regulagem das aplicações de defensivos e adjuvantes, além do registro do inoculante Rizoliq LLI no Ministério da Agricultura (MAPA) para 60 dias de pré-inoculação. “É um produto fundamental para que o produtor possa comprar a semente pronta para semear”, comenta.

Além disso, em 2017 a Rizobacter fechou importantes parcerias de vinculação tecnológica, e hoje trabalha junto às multinacionais Momentive, Dow Química, Lonza e Zschimmer & Schwarz. “As parcerias são focadas em desenvolver soluções para as problemáticas do campo. Somos uma empresa de inovação focada no cliente”, afirma José Cricco.

A Rizobacter também fechou uma parceria de cooperação de produto com a multinacional Syngenta, e neste ano terá em seu portfólio quatro novos produtos, dois para conservação de grãos armazenados (Actellic 500 e Actellic Lambda), e dois defensivos para tratamento de sementes: o fungicida Apron (Fludioxonil, Metalaxil-M) e o inseticida Dashen (Tiametoxam), que serão muito importantes na mistura com os inoculantes da Rizobacter.

“Neste ano de 2018 trabalharemos muito forte para seguir neste caminho de trazer solução no mercado do Brasil, que é um foco para a Rizobacter a nível global”, finaliza Cricco.

 


Veja também

próximo
anterior

Comentários

Seja o primeiro a comentar!


Escrever Comentário

Siga a Rizobacter nas redes sociais